Meditação

Meditação

Originária da Índia, a meditação se encontra intimamente ligada com as práticas de ioga; também está inserida em várias religiões orientais como o taoísmo e o budismo. Cada qual possui sua forma particular de praticar a meditação, algumas estão inclinadas ao universo espiritual, outras a saúde ou ao bem estar. As formas para se atingir os objetivos vão desde apenas olhar para o vazio, relaxar os músculos do corpo até pronunciar sons específicos (mantras), posições com o corpo (asanas), fazer orações e/ou apenas visualizar situações benéficas (criatividade).

O mais antigo e eficiente método de relaxar o corpo livrando-nos dos problemas emocionais e mentais. Ela tem o objetivo de aumentar nossa capacidade de concentração e enriquecer nossa percepção. Um dos aspectos mais admiráveis da meditação é seu poder de abranger estados mentais aparentemente diversos em uma única experiência que chamaríamos de vigilância repousante.

Meditação é o estado de não pensar, de manter a mente vazia, de estar em profundo silêncio, no qual você não ouve nada, nem os pensamentos. É um estado em que você fica quieto, porém totalmente desperto, totalmente atento. Sandra afirma que esse é o estado avançado da meditação. Chegar nesse patamar não é tarefa fácil. Ouvimos sons e muitas vezes nos deixamos levar pelos pensamentos.

Tornamo-nos gradativamente espectadores da nossa mente, dos nossos pensamentos. Não nos envolvemos com eles. Com o tempo nos damos conta do ser integral que somos.

O mais antigo e eficiente método de relaxar o corpo livrando-nos dos problemas emocionais e mentais. Ela tem o objetivo de aumentar nossa capacidade de concentração e enriquecer nossa percepção. Um dos aspectos mais admiráveis da meditação é seu poder de abranger estados mentais aparentemente diversos em uma única experiência que chamaríamos de vigilância repousante.
Força de Vontade

Precisamos querer e acreditar no êxito da prática, isso é fundamental.
Paciência

Não devemos desanimar se nas primeiras vezes, não obtivermos êxito nas práticas, algumas vezes o tempo pode ser diferente para cada pessoa, pois apesar de todos estarem em uma mesma ‘escada’, e poderem atingir o mesmo objetivo, cada um está em um degrau, com pessoas acima de nós e pessoas abaixo de nós, no que se refere à ascensão espiritual.
Imaginação

Essa é a chave para se atingir a verdade interior. Em todas as práticas esotéricas a concentração deve ser sempre combinada com a imaginação objetiva. A concentração sem a imaginação, gera tensão mental, e a imaginação sem a concentração leva a devaneios. A imaginação inicial em uma prática, é uma representação em imagens da verdade, que ainda não conhecemos. Aos poucos a imagem inicial vai mudando para cada vez estar mais próxima da verdade.