Viagem Astral

No corpo físico nós temos 220 graus de visão, isto é, nós podemos ver apenas à nossa frente, e não atrás. Para cima e para baixo ao mesmo tempo também é impossível enxergar, mas no nosso corpo astral nós temos mais que 360 graus de visão e podemos enxergar em todos os lados ao mesmo tempo. Esta é a chamada visão esférica, durante a projeção, o hábito nos força a prestar atenção à somente uma direção, onde nós achamos que é a parte frontal da nossa visão. Entretanto a visão de trás, de cima, de baixo, da esquerda e da direita continuam lá, e são vistas todas de uma vez, mas elas não conseguem ser assimiladas pela mente, simultaneamente, simplesmente pelo fato de que isto vai contra o hábito de muito tempo da visão frontal da mente. A visão esférica é como ser um enorme olho multifacetado que pode enxergar em todas as direções, para cima, para baixo, a esquerda, a direita, em frente, atrás, mas todas ao mesmo tempo, no corpo astral você não tem orgaõs físicos, por exemplo, olhos, pois você é um ponto de consciência não físico flutuando no espaço, você também não é afetado pela gravidade e outras leis da Física, nesse estado o hábito de muito tempo no plano físico tenta forçar em você uma perspectiva que te faz crer que a física ainda existe, e que você não pode enxergar atrás de você, você pode ver o local em que está mudar repentinamente, uma porta que estava atrás de você pode aparecer do seu lado, porém nada mudou, foi apenas seu corpo tentando se acostumar com as direções, na verdade foi a visão com a qual você estava enxergando que mudou. É importante entender a visão esférica, se você quiser operar competentemente no astral, é assim especialmente quando você faz projeção em tempo real, próximo à dimensão física, a visão esférica irá freqüentemente fazer com que você pense que está em uma dimensão de espelhos, ou em uma cópia invertida da realidade, isto significa que sua casa, por exemplo, irá parecer estar ao contrário (espelhada), isto é devido à você perder o seu ponto de vista natural durante a projeção. Em algum ponto durante a projeção, você se desorientou e tomou um ponto de vista diferente do normal, exemplo, você se virou de lado ou de cabeça para baixo sem pensar ou perceber, isto inverte o seu ponto de vista natural de esquerda e direita, para cima e para baixo, consequentemente isto engana o seu subconsciente e faz com que ele inverta o local que você está de forma que a sua mente consciente possa funcionar adequadamente. Um ponto que deve ser citado também, é que durante a projeção astral você pode olhar para sua mão por exemplo, e ela começar a derreter, na verdade ela não está derretendo, mas sim que no plano astral você não tem um corpo físico, consequentemente não existem braços e mãos ali, é sua mente projetando-os, pois está acostumado a vê-los, porém seu corpo pode ser moldado, ficando com a aparência similar à sua fisicamente. Isto é o básico que você deve saber antes de tentar sair por aí viajando astralmente, agora vou mostrar como deve ser feito. Para começar a viagem astral você deve primeiramente estar em um estado relaxado e mediativo, para isso você deve estar totalmente consciente. Existem quatro requisitos principais que são: 1. Relaxar seu corpo 100% enquanto estiver acordado. 2. Concentrar-se 100% no que está fazendo. 3. Ter energia suficiente disponível. 4. Forçar a separação do corpo astral. Juntas, essas quatro “regrinhas” irão iniciar uma experiência fora do corpo. Se você já souber algum exercício de relaxamento, ele pode servir, caso não tenha, aqui está um muito simples. Sente, ou deite-se, e relaxe, começando com os pés, estique e relaxe-os. Continue isso com a batata-da-perna, coxas, quadris, estômago, peito, braços, pescoço e rostoaté que todo o seu corpo esteja profundamente relaxado, faça isso algumas vezes, certificando-se que seus músculos fiquem relaxados, lembre-se que relaxamento físico profundo é a chave para entrar no estado de transe, o relaxamento profundo causa o estado de transe. Uma vez que você esteja no estado de transe, a projeção no corpo astral é relativamente fácil. O passo à seguir é a meditação, você será infestado com pensamentos de sua mente superficial, que age como um enorme bloco de notas, ela carrega mensagens, lembranças, pensamentos preocupantes, problemas para resolver, casos mal resolvidos, entre outras coisas. Sente ou deite (eu aconselho deitar), feche os olhos, faça o exercício de relaxamento e limpe a mente, respire profundamente e lentamente e focalize na entrada e saída do ar em seu corpo, sinta o ar entrando e saindo, focalize toda sua atenção em seus pulmões e no processo respiratório, essa ação simples é suficiente para ocupar a sua mente superficial, expulse os pensamentos invasores, no início, antes que eles possam ganhar força e distrair você. Quando você tiver atingido um nível de relaxamento profundo e de tranqüilidade mental, você sentirá seu corpo começar a ficar muito, muito pesado mesmo, essa sensação de peso é o principal sintoma da mudança do nível de suas ondas cerebrais de Beta para Alfa conforme você entra em transe, o estado de transe é causado pelo profundo relaxamento físico e mental, não há nada estranho ou sobrenatural nisso, isso significa apenas que seu corpo entrou no estado de sono enquanto sua mente consciente está totalmente acordada. Agora imagine que você está descendo uma escada no escuro, não visualize uma escada, apenas imagine que você pode se sentir fazendo isso, na expiração, sinta-se descendo um ou dois degraus com suas mãos imaginárias, na inspiração, sinta-se agarrando na escada, o que é necessário é um efeito mental de queda dentro de sua mente, isso modifica o nível de atividade das ondas cerebrais do nível alerta (Beta) para o nível de sono (Alfa), ou para o nível de sono profundo (Teta). Uma vez que o nível de atividade das ondas cerebrais alcance Alfa você entrará em transe, mantenha-se fazendo isso por quanto tempo for necessário, o tempo necessário para entrar em transe irá variar, dependendo da sua experiência com relaxamento profundo e tranqüilidade mental, e assim que conseguir a sensação de peso, pare o exercício de queda mental. Comece então a mover seu corpo astral, movendo-se lentamente, primeiro as mãos, depois os braços, tronco, pernas, pés, em seguida sente-se na cama e saia do seu corpo físico lentamente. Para voltar ao seu corpo, faça a mesma coisa, deitando-se lentamente, em seu corpo físico, após ter se acomodado, respire profundamente e diga mentalmente “Estou retornando para meu corpo físico agora, sem nenhum dano físico ou espiritual, e estou mais saudável do que antes”. Mova suas mão físicas agora, seus braços, tronco, e assim por diante, abra os olhos lentamente respirando fundo e tranquilamente, e desperte-se. Existem quatro pontos para você saber que está realmente entrando em um estado de transe profundo. O primeiro é uma sensação desconfortável de frio que não faz você tremer, juntamente com uma perda de calor corporal. O segundo ponto é que mentalmente, você se sentirá muito estranho e tudo parecerá extremamente lento, os seus processos de pensamento irão ficar lentos como se uma forte injeção contra dor tivesse sido dada em você. O terceiro é que você se sentirá desassociado de seu corpo, por exemplo, uma forte sensação de estar flutuando, e também tudo parecerá distante. E o quarto ponto é a paralisia física total. Um outro ponto que deve ser citado também é, que se, quando entrar em transe, pensar algo do tipo “Sim! Eu consegui!”, “Eu estou em transe”, “Tenho que me apressar e sair daqui rápido”, você estragará a sua projeção com certeza, o transe será interrompido pelo simples fato de ficar entusiasmado demais, quebrando assim o relaxamento e a tranqüilidade mental. Então não pense nesse tipo de coisas, apenas viva o transe